Acção nacional de luta dos trabalhadores técnicos especializados das Escolas da Rede Pública de Educação

Pelo fim da situação de precariedade

 

Concentração junto ao Ministério da Educação

Dia 30 de agosto pelas 14.00 horas na Av. 5 de Outubro nº. 107 em Lisboa

 

Os trabalhadores técnicos especializados (terapeutas, assistentes sociais, psicólogos,

animadores culturais e outros) que trabalham de forma precária e ilegal nas escolas da

rede pública vão estar junto ao ministério para continuar a denunciar a sua situação de

injustiça e ilegal, imposta pelo ME, em muitos casos há mais de dez anos, estando estes a

exercer funções de carácter permanente e para reafirmar a exigência ao Ministério da

Educação de:

Igualdade de tratamento, só possível com renovação de todos os contratos dos

trabalhadores que foram contratados pelo ME para o ano lectivo 2016/2017

independentemente da área de formação, da data de iniciação de funções e da

carga horária e a sua integração nos mapas de pessoal.